Spread the love

Conhecer e entender o funcionamento de seu carro é muito importante para saber exatamente o que fazer quando algo não funcionar corretamente no veículo.

O post de hoje é sobre a injeção eletrônica, o componente que faz o carro sair da inércia e entrar em movimento.

Por se tratar de um sistema tão importante para o veículo rodar, é preciso que a injeção esteja sempre com sua manutenção em dia, para evitar problemas enquanto você dirige.

Mas você sabe quais os sinais de que a injeção eletrônica está com problemas? Se é perigoso continuar andando quando ela acende no painel do veículo? E qual valor da manutenção?

Continue a leitura e acabe com todas as suas dúvidas!

Qual é a função da injeção eletrônica?

A injeção eletrônica é responsável pela injeção de combustível e pressão de ar no motor, um processo realizado por diversos sensores, atuadores e pela central de informações.

Juntos, eles atuam no motor do veículo, recolhendo diversas informações sobre seu funcionamento.

A injeção eletrônica também controla a mistura de combustível com o ar no motor, possibilitando a combustão interna e gerando a energia mecânica.

Tudo isso é possível graças a um chip eletrônico que, conforme o funcionamento do motor, vai realizando os ajustes necessários para elevar a eficiência e desempenho do veículo.

Atualmente, a injeção eletrônica é obrigatória em todos os veículos fabricados atualmente no Brasil, pois ela reduz consideravelmente os índices de poluição no ar.

O seu antecessor, o carburador, era mais poluente e menos econômico.

Injeção eletrônica

Leia também — Você sabe para que serve a Bobina de Ignição?

Quais são os tipos de injeção eletrônica?

Atualmente, existem dois tipos de injeções eletrônicas fabricadas nos veículos: a analógica e a digital. Entenda cada uma delas:

Injeção eletrônica analógica

O modelo analógico é uma versão mais básica e menos sofisticada, mas que ainda assim é melhor que os carburadores.

Seu funcionamento acontece por sinais eletrônicos emitidos pelos sensores presentes em sua estrutura, tanto quanto à leitura como na resposta.

Aqui, caso existam alterações na parte interna do motor, estímulos são enviados para receber uma resposta automática e direta.

Em relação à injeção eletrônica digital, a analógica possui a vantagem se ser menos complexa e, quando há a necessidade de manutenção, os processos são bem menos complexos, visto que os sinais são mais óbvios.

Injeção eletrônica digital

A injeção eletrônica digital é um sistema mais moderno e oferece funcionalidades extras em relação à analógica, como relatórios e possibilidade de atualização no software do sistema.

Tudo isso é possível graças a um scanner na peça que oferece relatórios sobre a situação da injeção.

Essas informações são extraídas por uma saída de análise de dados que pode ser conectada a um computador para obter todas as informações necessárias de forma precisa.

Quando a luz da injeção acende, o que pode ser?

Se a luz da injeção eletrônica acender no painel do seu veículo, pode ser que exista algum problema no sistema de injeção e que o carro precise de manutenção.

O símbolo da injeção é exibido no painel no formato de um motor e sua cor é amarela.

É importante lembrar que, quando a chave de ignição é acionada, a luz da injeção sempre é acesa para que o condutor tenha ciência de que ela está funcionando normalmente no painel.

No entanto, assim que o motor for ligado, ela deve se apagar indicando normalidade no motor.

Se a luz permanece acesa, outra causa pode ser que há problemas no controle do ar, combustível ou em outras funções relacionadas com a injeção.

Felizmente, o sistema da injeção eletrônica é inteligente e entrará em modo de emergência para que o veículo continue funcionando normalmente até que as devidas manutenções sejam realizadas.

Assim, permanecer andando com o veículo que apresentou problemas na injeção não é perigoso — o problema é que o modo de emergência tem um consumo de combustível muito elevado e os níveis de gases poluentes emitidos por eles são bem maiores.

Caso queira entender com mais detalhes sobre a luz da injeção eletrônica acesa, confira nosso post mais detalhado sobre esse tema.

Injeção eletrônica acesa no painel

Como identificar problemas com a injeção eletrônica?

A maneira mais simples e direta de identificar que há algo errado com a injeção eletrônica é verificando o painel do veículo toda vez que estiver rodando.

No entanto, o veículo pode apresentar alguns outros sinais de que esse sistema precisa de manutenção. Dentre eles, os mais comuns são:

  • Dificuldade para dar partida no motor;
  • Marcha lenta acelerada;
  • Consumo de combustível muito elevado;
  • Motor sem potência.

Se você passar por essas situações, mesmo que seu veículo esteja com a luz da injeção apagada, é importante ir a uma oficina especializada para resolver esses problemas o quanto antes e deixar seu carro novinho em folha.

Leia também — 4 Itens da parte elétrica que devem ser revisados para você não ficar na mão

Homem conferindo o capô de seu carro

Quanto custa a manutenção da injeção eletrônica?

É difícil apresentar valores sem saber a causa específica do problema na injeção eletrônica.

Contudo, dentre os principais problemas a serem corrigidos junto à mão de obra, é provável que a manutenção da injeção custe, em média, R$200,00.

Vale lembrar que esses valores podem variar conforme o local escolhido para realizar o reparo.

Homem conferindo o capô de seu carro

Você se lembra qual foi a última vez que cuidou da injeção eletrônica de seu veículo? Se já faz um tempo, talvez esteja na hora de realizar uma revisão preventiva para garantir que ela sempre funcione da melhor maneira.

E já que estamos no assunto, aproveite para conferir nosso post sobre as luzes do painel e entender o que cada uma delas significa. Agradecemos pela leitura e esperamos você aqui novamente em nossos outros posts.

Até mais!

Vanessa Martão em Assistente de Marketing Hipervarejo/Fortbras
A Hiper Garagem, blog originado da Hipervarejo, é repleto de conteúdos ricos e cheios deinformações sobre carros, motocicletas e caminhões. Apaixonados por veículos, visamos todos os dias buscar informações seguras sobre automóveis. Aqui você tira todas as suas dúvidas, aprende tudo sobre manutenção e acompanha as novidades, tecnologias, dicas e performance dos automóveis e peças automotivas do momento. Acesse os nossos conteúdos semanais, receba as melhores informações do nicho e faça parte dessa comunidade especialista em automóveis e automotivos.
Vanessa Martão
Categorias: Performance

Vanessa Martão

A Hiper Garagem, blog originado da Hipervarejo, é repleto de conteúdos ricos e cheios de informações sobre carros, motocicletas e caminhões. Apaixonados por veículos, visamos todos os dias buscar informações seguras sobre automóveis. Aqui você tira todas as suas dúvidas, aprende tudo sobre manutenção e acompanha as novidades, tecnologias, dicas e performance dos automóveis e peças automotivas do momento. Acesse os nossos conteúdos semanais, receba as melhores informações do nicho e faça parte dessa comunidade especialista em automóveis e automotivos.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *