A atenção aos mínimos detalhes quando está dirigindo é muito importante, principalmente para perceber possíveis problemas no seu veículo. A caixa de direção é um item de segurança de longa durabilidade, porém precisa de alguns cuidados para que ela dure o mesmo tempo que o seu veículo.

Já que falamos de cuidados e você já sabe que precisa estar atento à caixa de direção, vamos te apresentar como essa peça funciona, sua composição e principalmente, como diagnosticar sintomas de problemas na peça.

O que é caixa de direção? E quais são os seus componentes?

A caixa de direção, como o próprio já diz, faz parte do sistema de direção do seu carro, e essa peça trabalha com uma combinação de engrenagens, que juntas convertem a rotação do volante em movimento horizontal, transmitindo esse movimento para as rodas do carro.

E esse conjunto de engrenagens que se unem para dar movimento a rodas é formado por quatro peças, que são:

Volante

O volante faz parte do conjunto que realiza todo o processo de movimentação das rodas provocada pela caixa de direção.

Volante | Imagem Via: Google

É o volante o responsável por fazer as rodas do carro se movimentarem de acordo como o motorista o vira. Essa peça não é necessariamente exclusiva para fazer o carro virar de um lado ou para o outro, o volante é apenas uma das peças do sistema de direção que auxilia no processo de rotação.

Para esse processo de rotação das rodas acontecerem, existe uma ligação entre o volante e a caixa de direção, que é realizada através de uma coluna. Ou seja, ao girar o volante, essa coluna entende o movimento e faz o mesmo, transmitindo-o para a caixa de direção.

Pinhão e Cremalheira

Alguns modelos de caixa de direção possuem esses dois componentes. Eles são bastante comuns em veículos de passeio e possuem maior facilidade de manutenção.

Lembra da coluna que mencionamos acima? Então, a coluna que faz a ligação com o volante, só consegue estar ligada a ele por meio do pinhão.

Pinhão e Cremalheira | Imagem Via: Google

E para fazer a mudança de direção provocada pelo volante, alguns dentes ligados a caixa que fazem essa mudança de direção transformam a força aplicada ao volante para transmitir a força adequada para as rodas se movimentarem.

O trabalho da cremalheira é mais fácil de compreender. Imagine os trilhos de um trem, pois é exatamente assim que ela funciona.

A cremalheira vai transferir a força do pinhão no momento do giro do volante para as rodas do carro. E os dentes da cremalheira são empurrados e a cremalheira puxa o eixo das rodas, fazendo com que o carro se movimente para direita ou para a esquerda.

Direção Assistida

A direção assistida, conhecida também como direção hidráulica ou direção elétrica, tem a função de reduzir o esforço ao dirigir, ou seja, o volante é mais macio mais macio, leve e confiável, sem trazer dificuldades para o motorista.

Mesmo não sendo uma peça, a direção assistida é fundamental para o funcionamento da caixa de direção.

Quais os sinais de problema na caixa de direção?

A caixa de direção pode apresentar alguns sinais de que está com defeitos. Em alguns desses casos, será preciso efetuar a troca da caixa de direção ou apenas algum componente da peça. Mas esse diagnóstico apenas um mecânico de confiança poderá afirmar com precisão.

Entretanto existem alguns sinais que poderá te ajudar a descobrir se a caixa de direção do seu carro está com problemas. São eles:

Ruídos

Caso você esteja em uma curva e mover o volante para qualquer um dos lados e ouvir barulhos e ruídos mais finos, já é um indício de que a caixa de direção está com problemas.

O volante foi fabricado para não produzir nenhum tipo de barulho ao realizar manobras, principalmente os volantes de direção elétrica ou hidráulica. As direções mais antigas podem até apresentar barulhos com o passar do tempo, devido ao mecanismo mais antigo, porém é importante fazer uma checagem para ficar livre de defeitos.

Volante duro em manobras difíceis

Um indício bastante comum de problemas na caixa de direção, é o volante rígido enquanto realiza algumas manobras. Se você encontrar dificuldades ao entrar em alguma curva ou fazer uma baliza devido a rigidez do volante, é um sinal bem evidente de problemas.

Esse sinal pode ser mais notável em volantes de direção hidráulica ou elétrica, pois são direções mais macias e que facilitam as manobras. Por isso as dificuldades em manobras não podem passar despercebidas.

Volante trepidando

As trepidações no volante podem ser um alerta de que a caixa de direção está com problemas, principalmente se isso acontece com o veículo circulando em baixas velocidades.

Mas caso isso aconteça em velocidades mais elevadas, é importante fazer uma revisão de outros componentes do carro, pois isto podem ser problemas nas rodas, pneus defeituosos ou a junta homocinética.

Além disso, o alinhamento, balanceamento, eixos e suspensão também devem ser revisados.

Caixa de direção sem assistência

Caixa de direção sem assistência é mais conhecida como folga nas engrenagens, que é gerada pelo esforço provocado nas peças. Mas isso não é considerado um problema tão grave, apenas uma visita a oficina mecânica para ajustar os componentes pode resolver o problema.

Quais os sintomas de folga na caixa de direção? Há um jeito simples e rápido para fazer um teste e descobrir.

Com o carro parado e o motor ligado, centralize a direção. Após isso, gire o volante suavemente para direita ou para a esquerda e verifique se há falta de movimento nas rodas. O ideal é movimentar apenas 5 graus no volante sem movimentar as rodas. Mais do que isso, é preciso visitar a oficina mecânica para uma avaliação.

Sendo assim, é importante que você faça revisões periódicas no seu veículo, para manter a manutenção dele em dia e verificar todos os sistemas do carro que podem causar problemas.

Gostou das dicas? Então fique atento à caixa de direção do seu carro e compartilha com seus amigos!

Já conferiu o nosso último post? Não? Então dá uma olhadinha e aprenda a escolher e comprar a calota para o seu carro.

Até a próxima!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *