Peça que trouxe uma verdadeira evolução para o mundo automotivo. As juntas homocinéticas permitiram a adoção da tração dianteira, característica comum nos veículos até hoje. Mas afinal, qual a função dessa peça? Elas são responsáveis por transmitir a energia gerada pelo motor para as rodas do carro, fazendo com que ele “saia do lugar.”

A junta homocinética funciona da seguinte forma: se você entrar em uma curva e virar o volante, o seu veículo não é prejudicado graças à essa peça, que fica localizada no cubo das rodas dianteiras, no qual se conecta às extremidades do eixo de transmissão, fazendo com que o veículo não perca a tração na hora de passar pela curva ou em trechos mais acidentados.

Junta Homocinética|Via: Google

Considerada um item de segurança do veículo, se houver falhas ou quebra da peça, provocará a parada total do carro. Entendido a função da junta homocinética, a manutenção é extremamente importante para que o seu veículo funcione bem e não tenha necessidade de pará-lo em uma oficina mecânica.

Mas antes de conhecer a manutenção da junta, primeiro vamos entender um pouquinho a composição dessa peça.

“Desmontando” a junta homocinética

Identificar os componentes de uma junta homocinética não é uma tarefa de “outro mundo”, mas extremamente importante conhecer cada parte da peça para identificar o problema da junta e assim fazer a manutenção. Confira a lista de componentes:

Eixos

A função principal da homocinética é conectar os semieixos do câmbio e o eixo da roda. O eixo da roda desempenha um trabalho importante, por isso deve ser sempre notado. Uma vez que o eixo entorta, pode transmitir a força de maneira desigual, o que causa a quebra de outros componentes da junta homocinética. Já o semieixo se for danificado, pode causar problemas na transmissão.

Rolamento

O rolamento é um dos principais componentes da peça. É constituído por esferas, o que dá maior capacidade de carga e segurança ao sistema. Nas juntas homocinéticas fixas, as esferas funcionam em trilhas que existem dentro do eixo conduzido. Já nas juntas deslizantes, a gaiola que abriga os sulcos é por onde as esferas correm.

Coifa protetora

A coifa protetora age como o próprio nome já diz. Feita de borracha sintética e vedada com abraçadeiras metálicas, a coifa protetora evita a contaminação com areia, lama, água ou outras substâncias que podem aumentar o atrito entre os elementos rolantes da homocinética. Uma vez que a coifa protetora estraga, as substâncias que passarem por ela irão causar falhas na junta e reduzirá o tempo de vida da peça. 

Como fazer a manutenção da junta homocinética?

Como qualquer outra peça de carro ou moto, as juntas homocinéticas também devem receber manutenção preventiva e atenção redobrada. Quando não ocorre uma manutenção regular pode apresentar alguns sintomas de desgaste ou defeito. Mas que sintomas são esses? Calma, não é muito difícil de identificar.

Se você perceber que há uma pequena rachadura saindo graxa do seu veículo, será um sinal indicando que há uma falha do arrancador da junta homocinética. E se o dano for maior, aparecerá uma graxa escura salpicada no interior da roda e em torno da área dentro da roda motriz.

Mas para que esses problemas não aconteçam, você pode fazer uma manutenção preventiva do seu veículo. Procure um mecânico de confiança que irá avaliar o estado de conservação de cada elemento da junta, identificar avarias, trincas, sinais de desgaste por abrasão e preservar o sistema lubrificado para manter o desempenho.

É importante também estar atento às recomendações feitas pelo fabricante do veículo. Mas vale lembrar que os problemas com a junta homocinética podem ser mais frequentes dependendo das condições de uso do veículo. Estradas mais acidentadas que possuem eixos e juntas mais solicitados do que o normal pode ocasionar problemas na junta, por isso é recomendado realizar revisões e manutenções com mais frequência.

Outra peça que desempenha um papel importante na durabilidade da junta homocinética são os coxins, uma vez que são responsáveis por manter o alinhamento do conjunto, o que garante que a junta faça apenas o que deve fazer: exercer força para movimentar as rodas. Quer entender mais sobre os coxins, confira o nosso post sobre coxins clicando aqui.

Leu até aqui e acredita que a junta homocinética do seu veículo pode estar problemas? Se precisar trocá-la, na Hipervarejo você encontra as melhores ofertas. Clique aqui e confira!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial