Esse é um dos sistemas mais importantes do carro.

Além de ser acionado no dia a dia, tem a responsabilidade de parar o carro imediatamente perante alguma situação grave. Por isso é essencial que o Sistema de Freio esteja sempre em perfeitas condições, todo motorista deve ficar atento a ele.

Peças com muito tempo de uso ou recondicionadas, vão deixar o sistema de freio defeituoso, o que pode causar um acidente.


Foto: Frenagem de emergência


Mas como ele funciona?

É um processo complexo, por isso é importante ficar atento a todos os detalhes.

A parte hidráulica do freio é construída pelos seguintes componentes: Pedal, servo de feito, cilindro mestre e fluído de freio. Eles trabalham para criar pressão, conduzir o fluído, para causar a força necessária para proporcionar atrito entre as peças de frenagem.

E qual o papel do fluído? Ele tem um papel essencial para todo o sistema, ele faz com que as peças trabalhem corretamente e cumpram seu papel. Você deve utilizar fluído de qualidade e trocá-lo a cada dois anos.


Já as peças de fricção são:

▪️ Disco de freio: podem equipar a parte dianteira ou a traseira.

▪️ Tambor de freio: São utilizados na parte traseira do veículo. Porém, em modelos antigos, são utilizados também na parte dianteira do carro.

▪️ Pastilha de freio: São utilizadas em conjunto com os discos.

▪️ Lonas de freio: São utilizados com os tambores de freio.


Foto: Sistema de Freio


Se você perceber alguma diferença nos freios, procure uma revisão com seu mecânico de confiança. Sua segurança em primeiro lugar!

Aqui vão alguns sinais que você jamais deve ignorar:

▪️ Ruídos na hora de frear;

▪️ Desconforto nos pedais;

▪️ Luz no painel;

▪️ Trepidação e instabilidade ao frear.

Mantenha a manutenção em dia e siga tranquilo!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial