Cuidados preventivos com o carro consistem, basicamente, em cuidar dos pneus. Para evitar problemas futuros e garantir a segurança a todos no trânsito, o recomendado é trocar os pneus a cada 10 mil km, no máximo. Desse modo, é garantido o desgaste mais homogêneo dos quatro pneusApesar disso, o que normalmente ocorre é um dos eixos sofrer maior desgaste. Mas… e se na hora de efetuar a troca, o proprietário comprar apenas dois pneus?

Em qual eixo os pneus novos devem ser colocados?

Colocando os pneus usados na dianteira e os novos na traseira (configuração tida como mais correta, popularmente), provavelmente você sentirá um maior desconforto por não perceber tanta aderência. Exatamente por esse fator, você possivelmente perceberá mais a dianteira quando ela tentar sair – podendo contornar a situação com um esforço pequeno, dependendo da velocidade – evitando a fuga do controle.

Mercedes AMG CLS 55 - Demonstration of drifting at the "Fahrsicherheitszentrum Nürburgring"

© Raimond Spekking / CC BY-SA 4.0 (via Wikimedia Commons) http://bit.ly/1sPRciF

Já ao colocar os recém-comprados na dianteira e os meia-vida na traseira, você provavelmente terá uma maior sensação de segurança. O volante transmitirá a sensação de aderência das rodas dianteiras. Mas o carro terá maior probabilidade a sair de traseira, já que os pneus desse eixo não estarão com tanta aderência e o motorista não sentirá isso – como acontece quando estão na dianteira. O maior perigo é exatamente a falta de percepção da traseira escapando, nesse caso.

 

Então qual é a forma correta de trocar os pneus?

Os pneus novos devem ser colocados no eixo traseiro do carro, enquanto os pneus usados devem ir para a dianteira – independentemente da tração, seja ela dianteira ou traseira.

Gostou dessa dica? Lá na nossa página do facebook tem muito mais!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial